• 854ea8944a3ce46c
  • B859d4816fc7a2b5
  • 10262d07d6acb9d5
23 de Fevereiro de 2020

Icone show economia negociosEconomia & Negócios

Redação / Hugo Julião
07:51
28/01/2020

Parceria entre Boeing e Embraer recebe aprovação do Cade

A Superintendência Geral do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou, sem restrições, o acordo entre a Embraer e a Boeing.

A expectativa é que a decisão seja finalizada nos próximos 15 dias, ainda que possa haver o pedido de revisão pelos comissários do órgão.

Como a operação foi aprovada sem restrições, as duas fabricantes não terão de seguir nenhuma avaliação ou medida extra, como ocorre quando se avalia risco de monopólio e se exige a venda de ativos para concorrentes visando equilibrar o mercado.

O parecer da autarquia concluiu que as empresas não concorrem nos mesmos mercados.

2eb0d945623ae27a

A aprovação já foi concedida pelo Brasil, Estados Unidos, China, Japão, África do Sul, Montenegro, Colômbia e Quênia. A Boeing deverá desembolsar US$ 4,2 bilhões pelo controle do negócio de aviação comercial da Embraer.

As duas fabricantes não negociaram outras atividades além da aviação comercial, mantendo inalterado o controle acionário e o estatuto da Embraer, que segue de forma independente nos setores de aviação de negócios e defesa, além de outros segmentos.

Joint ventures

A parceria estratégica planejada entre a Embraer e a Boeing compreende duas joint ventures: a principal composta pelas operações de aeronaves comerciais da Embraer e serviços associados (Boeing Brasil - Comercial), onde a Boeing possui 80% de participação e a Embraer 20%.

A segunda parceria é voltada para promover e desenvolver mercados para a aeronave de transporte multimissão C-390 Millennium (Boeing Embraer - Defesa), na qual a Embraer terá uma participação de 51% e a Boeing os 49% restantes.

 

Linha de produção

O cargueiro militar brasileiro deverá ter uma linha de produção também nos Estados Unidos, onde deverá ser realizada a montagem final.

O objetivo é atender assim ao potencial de negócios com as forças armadas dos Estados Unidos, além de outros países, em especial membros da Otan.

 

RELACIONADA


Avião comercial decola sozinho pela primeira vez na história; veja o vídeo​

 

A aprovação do acordo pelo órgão regulador brasileiro é uma demonstração clara da natureza pró-competitiva de nossa parceria”, disse Francisco Gomes Neto, CEO e presidente da Embraer.

“A decisão não apenas beneficiará nossos clientes, mas também permitirá o crescimento da Embraer e da indústria aeronáutica brasileira como um todo”.

 

Comissão Europeia

A parceria agora recebeu autorização incondicional de todos os órgãos reguladores, com exceção da Comissão Europeia, que continua a avaliar a joint venture.

As duas fabricantes afirmaram, em nota, que mantém discussões com as autoridades europeias desde o final de 2018 e continuam mantendo as negociações conforme os comissários avançam na sua avaliação da transação.

Com informadações da Aero Magazine

 

Ana Maria Braga anuncia que foi diagnosticada novamente com câncer​

Lula cita nazismo ao atacar Globo e defende críticas de Bolsonaro à imprensa​

Atlas da Violência: queda de homicídios é puxada pelas 120 cidades mais violentas​

Inteligência artificial (IA): seu desenvolvimento é mais profundo que o fogo ou a eletricidade

Transparência Internacional: veja o Índice de Percepção da Corrupção no mundo, em 2019​

São Paulo é a 4ª capital a receber voos da Flybondi, outras 10 já estão com rotas pré-aprovadas​

Sebrae Sergipe abre processo para contratar agentes locais de inovação​

Brasil cria 644 mil empregos com carteira em 2019, melhor resultado em seis anos​

Pagar tudo à vista e não usar crédito pode piorar nota no cadastro positivo ​

Startup japonesa poderá lançar carro voador em 2023​

Seis filmes sobre o Holocausto, com sinopses e trailers​

Conheça os dez menores países do mundo

Secretário-geral da ONU enumera os '4 Cavaleiros do Apocalipse' que ameaçam o mundo​

Veja a posição dos principais jornais do país em 2019, segundo o Instituto Verificador de Audiência (IVC)​

Marcos Aurélio: “Ensinar os jovens a empreender e construir seus resultados”​

CNC: intenção de consumo das famílias tem melhor janeiro desde 2015

Doença letal faz São Paulo monitorar 100 pessoas

Lançamentos Netflix de 20 a 25 de janeiro; veja sinopses e trailers​

BNDES inicia venda de ações da Petrobras e pode levantar até R$ 23 bilhões

Orçamento Geral da União de 2020 prevê 51,3 mil vagas em concursos federais​

Saiba como podem roubar sua conta no WhatsApp

O peso das atividades domésticas para as mulheres​

Houve desaceleração no crescimento do número de turistas no mundo em 2019​

Ministério do Turismo abre cadastro para apoiar artistas e bandas musicais​

Pesquisa global mostra brasileiros otimistas​

"Turismo de bebedeiras" proibido em Ibiza e Maiorca. Multas vão até 600 mil euros​

Home office: Gol abre vagas para trabalhar sem sair de casa​

Marinha abre 900 vagas para concurso de ensino médio​

Com luvas biônicas, maestro João Carlos Martins volta a tocar piano

Em filme da Netflix, Wagner Moura é "Sergio", diplomata brasileiro morto no Iraque; veja trailer​

Avião comercial decola sozinho pela primeira vez na história; veja o vídeo​

Harry e Meghan deixarão de usar os títulos reais​A fotógrafa Tessa Dóniga transforma o café da manhã em imagens surrealistas​

Dia 25 de janeiro: "Titãs Trio Acústico" no Teatro Tobias Barreto​

Gal Costa apresenta o show “A Pele do Futuro” no Teatro Tobias Barreto​

Baile do Hawai 2020 no Iate Clube de Aracaju.

Até 2040, você não vai precisar de mala ou passaporte para viajar

Azul pretende chegar a 200 destinos nacionais nos próximos anos

Novo Centro de Convenções de Salvador será inaugurado no dia 26 de janeiro

Brasil e Catar acabam com exigência de visto; país vai sediar a Copa de 2022​

Pesquisa Google: veja os 10 destinos mais procurados no Brasil e no mundo