• C7254ed4360408af
  • Cbdafb20fcfaf460
05 de Julho de 2020

Notícias

Edição: Hugo Julião
11:41
28/05/2020

Paraguai e Uruguai: os 2 casos de sucesso no combate ao Covid-19 na América do Sul

Mesmo na região que se tornou o epicentro do coronavírus no mundo, dois vizinhos do Brasil se destacam pelo sucesso de suas estratégias, uma oposta a do outro, para obterem os melhores resultados com um número mínimo de vítimas.

O coronavírus faz da América do Sul o seu novo epicentro no mundo, mas, mesmo na região com maior desigualdade social do planeta, existem realidades contraditórias.

Enquanto a situação é alarmante no Brasil, Peru, Equador e Chile, há outro bloco de países que tem conseguido controlar a doença: Paraguai, Uruguai, Colômbia, Bolívia e Argentina.

Desse grupo, há dois casos de grande sucesso: Paraguai e Uruguai.

0d120af5b0dd3e51

Com quarentena "voluntária", o Uruguai registrou apenas 803 casos de coronavírus, 22 mortes e conta com uma taxa de letalidade de 2,74% (Mariana Greif/Reuters)

São países que, nos últimos dias, começaram a flexibilizar as restrições e avançam ao chamado "novo normal". Mas, apesar do sucesso em comum, Paraguai e Uruguai aplicaram estratégias opostas.

 

A consciência social uruguaia

O Uruguai tem 803 casos, 22 mortes e uma taxa de letalidade de 2,74%. Foi o último país da região a registrar um caso de coronavírus.

No dia 13 de março, anunciou quatro casos. No dia 24, começou uma estratégia única: a chamada "quarentena voluntária".

Ao contrário dos países vizinhos, o governo uruguaio sugeriu medidas de isolamento social e só proibiu as atividades que representassem aglomerações, como espetáculos. Até os velórios puderam continuar, desde que com algumas restrições.

Essa abordagem veio acompanhada de outra grande diferença com todos os demais países da região: o comportamento social.

A população acatou a recomendação com uma consciência cidadã única. Foram os comerciantes que decidiram fechar as lojas.

38b9867b6acdd95d

Em Montevidéu, moradores cumpriram o distanciamento social e o passaram a usar máscaras por conta própria (Eitan Abramovich/AFP)

O sucesso uruguaio também se baseia nos melhores índices sociais da região. Praticamente, a totalidade dos uruguaios tem acesso ao saneamento básico e à rede hospitalar.

O sistema de saúde é sólido, universal e inovador: conta com uma eficaz rede de atendimento domiciliar que evitou a necessidade de as pessoas irem aos hospitais para serem atendidas, correndo risco de contágio. 

O país também realizou uma quantidade expressiva de testes diários.

A densidade demográfica também contribuiu com esse cenário. Metade dos 3,4 milhões de habitantes se concentra em Montevidéu.

No início do mês, o país reabriu as escolas no interior e, a partir da semana que vem, voltam a funcionar todas as escolas numa combinação de aulas presenciais e aulas virtuais, também de forma voluntária.

38558396ea8d30e4

Paraguaios aguardam em fila perto de uma loja na capital, Assunção (Nathalia Aguilar/EFE)

O segredo paraguaio

O Paraguai tem 884 casos, 11 mortes e uma taxa de letalidade de 1,24%. O governo percebeu logo cedo quais eram as suas vulnerabilidades e agiu imediatamente aplicando medidas drásticas.

O país foi o primeiro na região a determinar uma rígida quarentena total, com toque de recolher, em 11 de março. A capital Assunção ficou isolada: ninguém entrava, ninguém saía.

O governo paraguaio se antecipou à precariedade social do país em matéria de moradia e de saneamento básico, além da fragilidade de um sistema de saúde que contava com apenas 800 leitos de UTI para 7,2 milhões habitantes.

Foram incorporados mais 200 leitos, uma quantidade insuficiente para atender a avalanche que se previa: 15 mil mortos em maio.

B829a71621b547e4

Pra Ciudad del Este, reabertura de shoppings sem turistas pode não valer a pena  (Foto: Piqsels)

Mas, se socialmente o Paraguai estava à mercê do vírus, geograficamente foi bem protegido.

Comparado com os seus vizinhos, Brasil e Argentina, o país tem poucas conexões aéreas internacionais.

No começo deste mês, o governo começou a aplicar a chamada "quarentena inteligente", que implica em uma gradual flexibilização das restrições.

Nesta semana, o Paraguai abriu 83% do seu comércio e passou a permitir atividades físicas e até transporte público.

No mês que vem, voltarão os jogos de futebol sem público e a reabertura dos templos. A volta às aulas, no entanto, ainda não tem data.

D5ca426ffbd492ad

Números comparados

Com o dobro da população do Uruguai, mas com metade das mortes, o "lockdown"paraguaio teve mais sucesso. A taxa de letalidade do país também é a metade da uruguaia.

A letalidade maior do Uruguai pode ser explicada também pelo perfil da população.

O Uruguai tem a maior quantidade de idosos da região, um segmento de alto risco. Quase 20% da população tem mais de 60 anos. Desses, 10% tem mais de 85 anos.

No entanto, numa eventual segunda onda de contágio, as chances do Uruguai contornar a situação serão maiores graças à sua infraestrutura mais sólida. "O Paraguai vai precisar de medidas duras novamente", acredita Pachano.

Com informações da RFI e agências internacionais

 

7ead5602a29b4dec

MAIS NOTÍCIAS

Capas com as manchetes dos principais jornais nacionais desta quinta (28)

Lançamento histórico da SpaceX é adiado para sábado por complicações climáticas

Espanha: o número de mortos pela pandemia sai de 27.000 e vai a 43.000; veja porque

Tesouro Direto atrai mais jovens e registra captação recorde

Doria permite reabertura restrita de lojas e shoppings na capital

Quase 17% dos jovens perde emprego por causa pandemia, aponta OIT​

 

Tratamento com Hidroxicloroquina: Índia apoia uso profilático; França veta uso em hospitais

Após auge da pandemia, enfermeiros e médicos italianos reclamam de esquecimento​

Estudo francês mostra que infectados pela Covid-19 ficaram imunes durante semanas

Latam pede recuperação judicial, mas empresa que opera no Brasil fica de fora

Bairro superpovoado na periferia de Buenos Aires é isolado por Covid-19

O que é o teleaborto, que vem crescendo nos EUA durante a pandemia

Embratur agora é Agência de Promoção Internacional, lei foi sancionada hoje

Michael Levitt, Nobel de Química:"lockdown" mata mais do que salva vidas

Picasso por 100 euros: a mulher que ganhou quadro de R$ 6,1 milhões em rifa

Firjan Senai oferece cursos de aperfeiçoamento para todo o país

Leandro Karnal: "Pelos que rastejam" (muitos gostariam de ter a vida que você tem)​

Milhares de pessoas vão às ruas de Hong Kong contra lei imposta pela China​

Os efeitos da Pandemia na maneira como as pessoas usam aplicativos de encontro

Startup que aluga apartamentos por hora explode na quarentena​

9 invenções que foram criadas muito antes do que você provavelmente imagina

Idosos se reinventam com ensino superior e driblam as dificuldades do isolamento

Os 13 livros e as séries que Bill Gates recomenda para 'escapar' de realidade da pandemia

"Crise do coronavírus fará o setor de veículos retroceder 15 anos no Brasil"

Britânicos que produzem vacina farão testes com 10 mil adultos e crianças​

Turismo: Europa prepara-se para a temporada de verão, mesmo com as restrições da pandemia

Latam retoma voos internacionais e 74 nacionais em junho; usuário terá mais flexibilidade

Pesquisa: uma a cada 6 crianças na Espanha teve depressão durante a pandemia​

Pesquisa: home office é aprovado por 80% dos gestores de empresas no país​

Muito criticada, estratégia do governo sueco é aprovada por 77% da população do país​

Confira as possíveis mudanças em viagens aéreas após a pandemia

Ministério do Turismo divulga cursos a distância gratuitos de instituições públicas

Azul elevará número de voos e destinos em junho

Premiê da Nova Zelândia propõe semana com 4 dias de trabalho para recuperar a economia​

Banco Mundial: pandemia pode empurrar 60 milhões para a extrema pobreza

Coronavírus: em crise, imprensa começa a demitir na Europa e nos EUA

Sebrae/SE: pesquisa mostra que empresários enfrentam dificuldade para obter crédito

Hoteleiras caem no ranking das maiores empresas de capital aberto do mundo

Governo sanciona lei que cria programa de apoio às microempresas​

Saiba quais são os três setores que provavelmente sumirão por conta do coronavírus

Psiquiatras alertam para 'tsunami' de problemas de saúde mental em meio à pandemia

Descoberta em Marte: novas evidências de rios antigos encontradas no planeta

Revista Advogados chega a sua 7ª edição, agora em formato digital; confira os destaques

Sebrae amplia apoio ao MEI para superar a crise do coronavírus

Drones: a tecnologia a favor da vida, entregando remédios e monitorando aglomerações

Cachorros também passam pela adolescência, diz estudo

O destinos das torres de escritórios após a pandemia

Estudantes brasileiros estão entre os 20 finalistas de prêmio mundial de inovação

Pesquisadores de Israel criam teste que detecta coronavírus em um minuto

O que se sabe sobre o misterioso avião orbital da Força Aérea dos EUA

Sebrae lança mentoria para ajudar pequenos negócios a aumentar vendas online

Unicef alerta: por restrições à circulação, mais de 6.000 crianças podem morrer por dia no mundo​

ONU: serviços de saúde mental devem ser parte essencial na pandemia; veja vídeo

Sebrae oferece consultorias gratuitas aos empresários

Fotógrafo dedica-se a registrar pessoas que parecem gêmeas, mas nem parentes são

ONU: interrupções em serviços de HIV podem causar 500 mil mortes adicionais por AIDS

Por que ver documentários sobre natureza pode fazer bem à mente na quarentena​

Os segredos da cidade "mais verde" do mundo; São Paulo ocupa surpreendente 5º lugar

Quem ficou com a fortuna bilionária de Hitler?​

Por que o Polo Norte Magnético da Terra está migrando do Canadá para a Rússia​

Retratos da Real Beleza: você é mais bonita do que pensa ser

Fotógrafo brasileiro retrata as mudanças no rosto dos amigos após 3 taças de vinho

Viagem ao Centro da Terra: o buraco mais profundo já cavado na história

Desmatamento na América do Sul está mais lento, segundo a ONU

Imagine a miséria pós-pandêmica das viagens de negócios​

5 pontos para entender o pensamento de Maquiavel

Insônia: como dormir bem em tempos de quarentena e pandemia

O que será das viagens aéreas após a pandemia do coronavírus​

Dicas de um astronauta da NASA para enfrentar o isolamento; veja vídeo​

Como Einstein, um físico totalmente apaixonado pela ciência, organizava seu tempo

Superação: com livros achados no lixo, ex-diarista entrou na faculdade de Direito e virou PM

Ao divulgar vídeos de fenômenos aéreos, Pentágono disparou o interesse pelos OVNIs​

Dr. Arthur Guerra: "A quarentena está mudando a nossa relação com o álcool"

O que diz um dos "pais" da internet sobre como nos proteger da obsolescência digital

 Paleontologistas revelam 'o lugar mais perigoso da história do planeta Terra' ​

Combate à fome no mundo: Covid-19 pode causar retrocesso de 20 anos

Pink Floyd: acesso gratuito a shows clássicos como Pulse de 1994; na íntegra​

Mapa compara o tamanho dos estados brasileiros à extensão de outros países​

A designer Becca Saladin interpreta como seriam os rostos da realeza do passado​

onheça as obras hiper-realistas de Samuel Silva, feitas apenas com esferográficas​

Conheça o trabalho da fotógrafa que captura sonhos com sua lente​

Tatiana Cobbett lança novo single do seu álbum "Lá & Cá"​

Veja os vídeos dos Beatles com as suas10 músicas mais ouvidas de todos os tempos

Uma história de quem apostou no velho vinil e encontrou um novo mercado

Observatório Edge: o mais alto mirante a céu aberto de Nova York e do hemisfério ocidental​

Invenções criadas por mulheres – e que nem sempre foram reconhecidas como tal​

Metade das praias do planeta pode sumir até o fim deste século, diz estudo​

Nasa recriou em 4K o que os astronautas da Apollo 13 viram ao contornarem a Lua​