• 83ab251c9fc76cfb
22 de Setembro de 2018

Notícias

Redação
09:32
24/06/2018

População aprova atuação policial nos festejos juninos

Ao todo, 220 policiais atuam no Arraiá do Povo, na Orla da Atalaia, e também no Forró Caju, para garantir a tranquilidade da população que participa das duas festas

 

7aa04e9251fff87a

Policiais garantem tranquilidade da população no Arraiá do Povo e no Forró Caju  (Fotos: Victor Ribeiro/ASN)

Com o objetivo de garantir a tranquilidade e a segurança das pessoas que aproveitam as festas típicas do período junino em todo o estado, as polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros, realizam um trabalho integrado de segurança pública.

Em Aracaju, o planejamento operacional tem atuado, principalmente, para garantir a segurança nos festejos do Arraiá do Povo, na Orla da Atalaia, que seguem até o próximo dia 30, e no Forró Caju, que acontece na praça dos mercados, no Centro, neste fim de semana, e no próximo (dias 29, 31 e 01).

2e472ba206d86955

O advogado Alexandre Fonseca, que mora em Lauro de Freitas (BA), elogiou o esquema de segurança do evento.

“É uma festa muito familiar, organizada, e nós estamos gostando bastante. É a primeira vez que eu venho e pude perceber que está bem segura, com muitos policiais ao redor”

Na Orla, 140 policiais militares atuam por noite de festa, garantindo a segurança não somente no local do evento, mas no entorno. Além disso, nos dias do Arraiá do Povo, a Delegacia de Turismo, que fica ao lado da festa, estará aberta para atendimento.

 

C4238b3609a1f243

Também da Bahia, o analista de Sistemas, Carlos Eduardo Tavares, diz ter ficado impressionado com a grandiosidade do evento.

“Não imaginava que fosse tão grande e organizado, estruturado. Aqui podemos nos divertir, dançar, tem estrutura para alimentação e muita segurança. Fiquei surpreso com a quantidade de policiais atuando na festa”

Forró Caju

Na região dos Mercados Municipais, onde acontece o Forró Caju, da Prefeitura Municipal de Aracaju, cerca de 80 policiais militares estão distribuídos em dois turnos, com viaturas trabalhando na área periférica da festa, para garantir a segurança das proximidades, sobretudo na entrada e na saída do evento.

Dentro da festa, o policiamento é de responsabilidade da Prefeitura de Aracaju, através da Guarda Municipal de Aracaju (GMA).

Aa8cc031a289e6b2

A população que participa da festa também falou sobre a tranquilidade do Forró Caju.

“É a primeira vez que eu visito a cidade e achei o evento super seguro, com policiamento no entorno e dentro da festa também. A cidade em si é muito tranquila e com certeza voltarei mais vezes”, afirmou a curitibana Joicy Azevedo

O coronel Vivaldy Cabral, comandante do policiamento militar da capital (CPMC), falou sobre a tranquilidade nos primeiros dias de festejos.

"Nós não tivemos nenhuma ocorrência neste início de festejos juninos nos eventos que a PM está cobrindo, em especial na área do CPMC, ou seja, aqui na capital: Forró Caju, na praça entre os Mercados Municipais, e Arraiá do Povo, na Orla.

Não tivemos registros de ocorrências em nenhum dos dois, nada significativo, apenas brigas em decorrência de uso excessivo de bebidas alcoólicas.

Fora isso, não houve nenhum chamado do Ciosp para atender algum tipo de ocorrência mais grave"

E4831c963dfe570e

A autônoma Rosimary da Silva Soares, que estava curtindo a festa com os filhos e o marido, ressaltou a importância do policiamento para a população.

“Fico feliz de ver a polícia nas ruas, atuando para garantir a nossa segurança. Com isso, a gente se sente mais seguro para sair de casa e aproveitar o São João na rua”

Plantonistas

Dentre as ações da Polícia Civil, além do funcionamento da Delegacia de Turismo durante os dias de evento, está também o funcionamento normal das delegacias plantonistas Norte e Sul.

No Forró Caju, cujo espaço de evento é montado nos Mercados Municipais da capital, foi montada uma estrutura de Delegacia Plantonista com equipe completa (delegado, escrivão e agentes).

A delegada Viviane Pessoa trouxe detalhes de um balanço inicial das ações, sem casos graves.

"Até o momento, no Forró Caju, foram dois Termos Circunstanciados por uso de entorpecentes. Em um caso, um homem estava com cocaína e maconha. No outro, uma mulher estava em posse de cocaína", explicou a delegada Viviane Pessoa, coordenadora das delegacias da capital (Copcal).

Aae950b0e70c9f44

Comerciantes

Os comerciantes que atuam nas duas festas que acontecem na capital sergipana também falaram sobre a segurança dos eventos. 

 

No Arraiá do Povo

2f357171a8a57489

“Percebi que o policiamento melhorou bastante e isso é muito bom para quem vende aqui na festa, porque atrai mais público. Estou muito satisfeita com o trabalho dos policiais aqui na Orla”, afirmou a doceira Tânia Santos, conhecida popularmente como Santaninha, que está comercializando do Arraiá do Povo.

No Forró Caju

5d000d4854ddccbd

O comerciante Giovanny dos Santos, que possui uma barraca de bebidas no Forró Caju, disse ter percebido mais policiamento neste ano.

"Ontem, no primeiro dia, a festa foi tranquila. Não vi muito problema e hoje, no segundo dia, também. Realmente a festa está organizada e com policiamento tanto dentro, como fora do Forró Caju. Parabenizo a prefeitura e o governo pela ações conjuntas"

Com informações da ASN