• B441fe6bdc554625
  • 5bacf7132047cd21
31 de Março de 2020

Notícias

ASN
01:16
10/11/2015

Secretário da Fazenda recebe Sindifisco e Sindat e mantêm o diálogo

Jeferson Passos ressaltou que o Governo já havia se comprometido a constituir uma comissão para discutir pontos que foram colocados como relevantes pelos auditores


Recebendo o Sindat - Fotos: Victor Ribeiro/ASN

O secretário de Estado da Fazenda, Jeferson Passos, recebeu nessa segunda-feira, 09, representantes do Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco) e do Sindicato dos Auditores Tributários do Estado de Sergipe (Sindat) para continuar o diálogo com a categoria.

O secretário ressaltou que o Governo já havia se comprometido a constituir uma comissão para discutir pontos que foram colocados como relevantes pelos auditores. 

 

“Demos procedimento a uma série de rodadas de negociações que temos tabulado com o Sindat e o Sindifisco nos últimos meses. Em todas as reuniões, os pontos de vistas dos sindicatos têm sido observados, o Governo se dispôs inclusive a negociar e discutir em uma comissão paritária e outros pontos que as categorias colocaram como importantes, a exemplo da progressão funcional, das definições das atribuições dos auditores e de uma solução para uma disputa jurídica que envolve a carreira dos auditores e que se encontra no Supremo Tribunal Federal”.

 


Recebendo o Sindat - Fotos: Victor Ribeiro/ASN


O representante do Sindat, Marcos Correia Lima, enalteceu a iniciativa da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) em instalar a comissão. 

 

“Quero aplaudir a secretaria pela democrática iniciativa da criação desta comissão que será útil para resolver uma série de pendências do Estado, inclusive se traçar uma política remuneratória justa com via a subsídio para as autoridades fiscais, ou seja, para o Fisco, e tratarmos de melhorar cada vez mais e qualificar os auditores, para que se aumente o desempenho das suas funções e para que se contribua com o aumento da arrecadação do Estado. Essa comissão é para debater toda a organização fiscal do estado”.


Lima ainda esclareceu que o Sindat, que representa os auditores II, no momento não entrou em greve. “Estamos juntos do Sindifisco [que representa os auditores I] em uma série de pleitos, mas por enquanto não estamos paralisados. O Sindat resolveu aguardar o desenvolvimento dessa comissão antes de aderir à greve”.