• F9fb45c18d8bfc00
  • 117370fc98312d4c
  • 5b7ad8a92a7264b8
21 de Outubro de 2020

Saúde

Edição: Hugo Julião
17:48
25/09/2020

Congresso de Cancerologia discute como tratar doentes com escassez de recursos gerada pela pandemia

Começou hoje (25) e se encerra neste sábado (26), o 22º Concan (Congresso Brasileiro de Cancerologia), promovido pela Sociedade Brasileira de Cancerologia.

Nesta edição, que acontece no complexo do World Trade Center, em São Paulo, o encontro reunirá 196 especialistas, sendo 25 estrangeiros.

Em tempos de Covid-19, grande parte das plenárias acontecerá virtualmente, abordando diferentes temáticas, como terapias e novos tratamentos.

Uma das principais dificuldades dos oncologistas, em várias partes do mundo, é lidar com a falta de recursos, atualmente destinados em massa para as pesquisas ligadas ao SARS-Cov-2.

O mesmo problema pode ser observado nos hospitais, e muitos pacientes, seja no Brasil ou em outros países, tiveram seus tratamentos e cirurgias interrompidos.

D0d11d3ecbcd1a2b


“Houve uma defasagem muito grande. Mais de 50 mil pacientes ficaram sem tratamento no Brasil por causa da Covid-19.

Cirurgias e diagnósticos foram atrasados, além de seções de Quimioterapia e Radioterapia. Está um caos. A área do câncer está um caos.

Vai faltar dinheiro para o câncer, porque ele vai todo para a Covid”, diz a oncologista e imunologista brasileira Nise Yamaguchi, que coordena o Congresso.

As pesquisas também estão paradas diante da urgência da situação sanitária, lembra.

Algumas delas, que já estavam em andamento continuam, mas no mundo, o Brasil está muito longe do que deveria estar em termos de pesquisa”, observa.

 

Em tempos de Covid-19, grande parte das plenárias do Concan acontecerá virtualmente, abordando diferentes temáticas.

Organizar um evento deste porte diante contexto sanitário atual é, antes de tudo, um desafio tecnológico, lembra a oncologista brasileira.

São quatro salas concomitantes, com uma tecnologia que ainda estamos alinhando.

Teremos discussões sobre Medicina personalizada e de precisão, Inteligência Artificial, tratamentos moleculares, cirurgias robóticas, minimamente invasivas, tratamentos de precisão em radioterapia e hematologia e Medicina de integração, de suporte ao paciente.

É um grande evento com palestras que mostram como prevenir e tratar os pacientes com câncer de uma forma muito avançada”.

59f165a81aff0524

O acesso à Imunoterapia também será discutido no evento.

O tratamento, que existe há poucos anos, “ensina” o próprio sistema imunológico a se defender das células tumorais e tem sido eficaz em vários tipos de câncer, como o de pulmão, por enquanto.

Há relatos de pacientes com metástases, com pouco tempo de vida, que tiveram remissão total.

2f84b83c82c18078

Neste contexto, a oncologista lembra que um dos convidados de honra deste ano é o imunologista japonês Tasuku Honjo, prêmio Nobel de Medicina em 2018, pela descoberta de uma proteína, a PD-1, essencial no desenvolvimento da Imunoteapia que, no Brasil, infelizmente está restrita à rede de saúde particular.

“O paciente da rede privada recebe esse tratamento, mas o da rede pública não tem acesso a nenhuma medicação. Isso é muito grave porque cria uma diferença de acesso.

Hoje também existem muitos tipos de câncer cujo melhor tratamento é com alvo molecular, e não Quimioterapia, que o paciente também não consegue obter no SUS (Sistema Único de Saúde)”, diz.

Muitas entidades e especialistas, lembra, têm batalhado para liberar a medicação para o câncer na rede pública mais rapidamente.

“Usando mais, o preço acaba diminuindo. Essa medicação de ponta é muito cara, então o objetivo é trabalhar na diminuição de impostos, preços e melhorar acessos”, frisa.

01d13198403f2697

Os parcos recursos e as diferenças de atendimento na rede pública e privada estão no centro das discussões do Congresso e são “uma fonte de angústia permanente” para os oncologistas, diz a médica.

“Uso a minha experiência em centros de referência, como os hospitais Sírio Libanês, Albert Einsten e Nove de Julho, em São Paulo, e uso o que posso para levar esse conhecimento para o SUS e a Agência Nacional de Saúde”, declara a especialista, que há algum tempo decidiu se dedicar às questões de política e governança.

 

A oncologista também elogia o trabalho realizado pelo movimento TJCC (Todos Juntos Contra o Câncer).

A iniciativa reúne representantes de diferentes setores voltados ao cuidado do paciente com câncer que, nos anos 2000, criou uma lista com as principais necessidades dos doentes que deveriam ser supridas.

“Acredito na mudança. Passamos por exemplo - com o INCA (Controle Nacional do Controle do Tabagismo) - a lei de controle do tabaco no Brasil”, exemplifica a especialista.

Com informações da RFI

E9d82f360dbb8a79

MAIS NOTÍCIAS

O presidente francês autoriza execução em série de jihadistas, revela livro

Brasil adere a aliança para aceleração da vacina contra a covid-19

Uso da máscara não será mais obrigatório na Bélgica a partir de 1º de outubro

Na pandemia, doações de órgãos caíram 40% e quase 50 mil pacientes estão em espera

Ibope: aprovação do governo Bolsonaro atinge maior nível e chega a 40%

França: tornozeleira eletrônica contra violência conjugal entra em vigor nesta sexta (25)

O custo de uma eleição, artigo de José Roberto Guzzo

1ª mulher vai à Lua; Nasa quer criar base para enviar astronautas até Marte

Fones Bose Sleepbuds II prometem te ajudar a dormir em paz

Covid-19: Johnson & Johnson inicia fase final de teste de vacina

Localiza e Unidas anunciam fusão e criam gigante da locação de veículos

Corrida de São Silvestre é adiada para julho do ano que vem

Aeroporto de Recife registrou crescimento de 443% na movimentação de passageiros de abril a agosto

Ícone da hotelaria, Maksoud Plaza pede recuperação judicial

Os10% mais ricos são responsáveis por 52% das emissões de CO2 em 25 anos

Bayer abre programa de trainee exclusivo para profissionais negros

Estudo brasileiro aponta que covid-19 pode causar danos cerebrais

Conheça as profissões que vão surgir e oferecer mais oportunidades de trabalho

Astrofísica, vencedora de prêmio de ciência, investiga a origem dos raios cósmicos

Escândalo: revelado esquema gigante de lavagem de dinheiro por grandes bancos

Aberto programa de trainees do Magazine Luiza apenas para candidatos negros

Após acordo, EUA adiam proibição à empresa chinesa TikTok

Imposto de Renda explicita vantagem de servidores federais e desigualdade

Ibope mostra Russomanno na frente na eleição para prefeito de São Paulo

Como abrir uma janela para iluminar o mundo do autista

Pesquisa descobre inédito de Machado de Assis, um perfil de dom Pedro 2º

Artigo: "E o Larry, Lula?", por Marcelo Rubens Paiva

Governo decide aderir a programa global de acesso à vacina contra a covid-19

Dicionário parceiro do Google muda definições de 'patroa' e 'mulher solteira'

Setor de turismo lança Guia do Viajante Responsável

TikTok e WeChat serão banidos dos Estados Unidos a partir de domingo

RioMar Aracaju apresenta expô 'Mesa Posta Florescência'

Leilão de esqueleto completo de tiranossauro rex pode estabelecer novo recorde

Premiação virtual do Emmy será no domingo (20) e desperta muita curiosidade

Eternit recebe aprovação para produzir telha que capta energia solar no Brasil

Polêmica: médica virologista chinesa afirma que coronavírus foi criado em laboratório

Novo Chromecast virá com Google TV e deve ser lançado em 30 de setembro

Turismo internacional registra queda de 65% no primeiro semestre de 2020

Conheça o navio cargueiro que usará o vento para se mover

Joias feitas em combinação de impressão 3D com técnicas de fabricação artesanal

Artigo: Exigências do Oscar atentam contra liberdade e não sobrevivem aos fatos

Mais de 180 mil pessoas tem temperatura medida nos terminais de integração na grande Aracaju

Mortes de pacientes na fila do transplante saltam 44% na pandemia

Cinemas e teatros estão autorizados a reabrir a partir de hoje no Rio; em Salvador também

No ranking das cidades mais inteligentes do Brasil, Aracaju está na 156ª colocação; confira

Empresa cria tecnologia capaz de reciclar resíduos plásticos não recicláveis

Drauzio Varella: "Impacto na saúde mental será sequela mais devastadora da pandemia"

Dia da Memória Pet: relembrar bons momentos com animal traz leveza, diz psicóloga

Por que o Brasil é considerado o ‘laboratório perfeito’ para testar imunização contra covid-19

Tempestade no Golfo do México pode se tornar furacão nesta segunda-feira (14)

Aracaju é reprovada como cidade inteligente

Setembro Dourado chama atenção para câncer em crianças e adolescentes

Meio milhão de pessoas recebem ordem de retirada no Oregon, na Costa Oeste dos EUA

Vídeo: Luiz Felipe Pondé fala sobre 'fiscais' da quarentena e negacionistas

Premier League busca afastar-se do Black Lives Matter; hinos geram polêmica na NFL

Vacina contra o coronavírus: como será a colossal e complexa missão de distribuí-la pelo mundo

Seis meses depois, pandemia poupa apenas 10 países e, para muitos, Covid-19 não existe

Novo avião sustentável em formato de "V" completa primeiro voo de teste

Setor de eventos retomará suas atividades em Sergipe a partir de 21 de setembro, com restrições

“Black Mirror” da vida real: brasileiro funda startup para recriar pessoas mortas

Itaú lança crédito imobiliário indexado ao rendimento da poupança

Daniel Cabral vence a 4ª eliminatória do programa Talentos da TV Cultura; veja o vídeo

Vendas do comércio crescem 5,2% de junho para julho, diz IBGE

Incêndio atinge área do Porto de Beirute um mês após grande explosão

Turismo de isolamento ganha mais adeptos e opções de hospedagem; veja algumas

Sebrae reabre com atendimento presencial por agendamento a partir desta quinta (10)

Não é no Brasil, é na França: fraudes em benefícios sociais explodem no país

 

Jovens portugueses processam países europeus devido ao aquecimento global

China quer construir cidade sustentável, inteligente e antipandemia

Empresa constrói casa de dois andares com maior impressora 3D da Europa