• 3cd8d0ef1dc92a2a
  • 9fc68a958ec21bb7
  • Fa9081a268f7bb85
20 de Abril de 2018

Icone show tema livreTema Livre

Adiberto de Souza
08:30
13/04/2018

Coluna: Adiberto de Souza

Adiberto de Souza

770a647d81e6c640

 

Se gritar pega ladrão...

Com raras exceções, o Congresso Nacional virou uma casa de foras da lei. Ali tem mais condenados do que em muitas penitenciárias.

As delações feitas por bandidos do colarinho branco tiraram o sono da grande maioria dos congressistas.

Muitos estão dormindo em endereços incertos temendo serem acordados pela Polícia Federal. Se a Justiça não “amarelar”, faltará cadeia para enclausurar tantos criminosos que, por décadas a fio, roubam o erário, acumulam fortunas e enganam a população com a velha história de que é chegada a hora de passar o Brasil a limpo.

Mas como fazer tal faxina, se este magote de políticos corruptos não deixa dinheiro nem para comprar o detergente?

Decididamente, chegamos ao fundo do poço!

 

Quaquaraquaquá

E o lerdo Tribunal de Contas acaba de mandar Almeida Lima optar pela presidência da Fundação Hospitalar de Sergipe ou pelo cargo de secretário estadual da Saúde.

Tudo muito certo, tudo muito bom se Almeidinha não estivesse acumulando as duas funções há mais de um ano.

E ainda há quem fique chateado quando chamam o lento TCE de Tribunal Faz de Contas.

Aff Maria!

 

Cabo condenado

O vereador aracajuano Cabo Amintas (PTB) foi condenado a um ano e seis meses de detenção e suspensão dos direitos políticos.

O júri popular considerou o militar reformado culpado pela prática de lesões corporais contra um músico.

A defesa do parlamentar ainda não decidiu se recorrerá contra a condenação.

 

Que fedor!

Até quem elogia a urbanização feita pela Prefeitura sobre o aterro de parte do Rio Sergipe, se incomoda com o forte mau cheiro do local.

Provocado pelo lançamento de lixo e esgotos não tratados naquele poluído estuário, o fedor acentua-se quando a maré está seca.

Já tem gente sugerindo à Prefeitura que distribua máscaras para aliviar a fedentina, que tanto incomoda os turistas e os desportistas que arriscam se exercitar no fedorento local.

Marminino!

 

André tá certo

O deputado federal André Moura (PSC) está certo em ir à Justiça pedir punição para quem divulga nas redes sociais “fake news” contra ele.

Radialista, o parlamentar estranhou que alguns colegas de profissão tenham lhe criticado por estar processando quem “usa da leviandade e da mentira, com montagens e falsas notícias contra mim”.

André está corretíssimo, pois uma coisa é criticar e outra, bem diferente, é caluniar.

 

Três a zero

A Polícia sergipana matou ontem, três suspeitos por tráfico de drogas.

A ação ocorreu na periferia de Aracaju e, segundo a Secretaria da Segurança Pública, os elementos reagiram à ordem de prisão, atirando contra os policiais.

Na mesma operação foram presas seis pessoas, todas acusadas de vender drogas na zona sul da capital.

Bem feito!

 

Quem me quer?

Após ter desistido da anunciada coligação com o partido Rede, o PV sergipano tentar uma aliança com o PSB.

Ontem, os Valadares pai e filho se reuniram com os verdes Reinaldo Nunes e Ismael Silva.

Discutiram sobre um possível apoio do PV à pré-candidatura de Valadares Filho ao governo.

 

Mínimo maior

Em 2019, o raquítico salário mínimo vai passar dos atuais R$ 954 para minguados R$ 1.002, representando um reajuste de 5%.

Com a anunciada majoração, o valor do piso salarial ultrapassará pela primeira vez R$ 1 mil. Enquanto isso, uma pequena casta acha pouco receber o teto salarial de R$ 33,7 mil.

Coisas do Brasil!

 

Invasão de corais

Sergipe está entre os estados afetados pela invasão do coral-sol, espécie invasora que se prolifera muito rápido.

Segundo estudo do Ministério do Meio Ambiente divulgado pelo jornal Valor Econômico, a incrustação de coral-sol é observada principalmente em plataformas de petróleo e outras estruturas e embarcações associadas à exploração petrolífera.

Misericórdia!

 

Corpo fechado

Aos supersticiosos um lembrete: hoje é sexta-feira 13. Para quem não acredita em crendices não é nada, não é nada e não é nada mesmo!

Porém, pelo sim e pelo não, é melhor não passar embaixo de escadas, pois como dizem por aí, “no creo en brujas, pero que las hay, las hay”.

Pé de pato mangalô três vezes!

Recorte de jornal

E2968a003bc42f45

Publicado no jornal Folha de Sergipe, em 26 de março de 1908.

Resumo dos jornais

 

Jornalista há mais de 30 anos, Adiberto de Souza já atuou nos Jornais do Brasil (RJ), da Cidade, Manhã, de Sergipe, Cinform, A Tarde (BA), TV's Sergipe, Atalaia e Jornal, rádios Cultura, Atalaia e Jornal.

É editor do site Destaque Notícias.