• 83ab251c9fc76cfb
19 de Novembro de 2018

Icone show tema livreTema Livre

EBC
02:36
30/01/2016

João de Barro: conheça o pássaro construtor e sua lenda indígena

 

Com barro, misturado a esterco, palha e pequenos galhos, o macho e a fêmea trabalham juntos por 18 dias para a construção do ninho. Em média, a casa tem 30 cm de diâmetro e 5 cm de espessura. O casal tem preferência por locais abertos para fazer o ninho, como em árvores isoladas e postes de iluminação. A casa é separada em duas partes por uma divisória: a entrada, que permite ao pássaro entrar sem se abaixar e é sempre voltada para o norte, evitando que o vento entre, e o interior do ninho.

A sua grande habilidade de manipular o barro dá nome ao passarinho. Outro destaque do joão-de-barro é o canto. Alto e forte, como uma gargalhada, a sua vocalização tem sequência rítmica prolongada como uma canção festiva, crescente e decrescente,  e é cantada pelo casal canta nas horas mais quentes e claras do dia.

 

Características

O joão-de-barro mede aproximadamente 19 cm. Na parte superior do corpo, ele apresenta cor de ferrugem, na parte inferior, coloração marrom clara. Sua cauda tem uma tonalidade avermelhada.

Encontrado na Argentina, Brasil, Paraguai e Bolívia, o joão-de-barro come insetos, larvas, aranhas, opiliões, moluscos e, ocasionalmente, sementes. A fêmea põe de três a quatro ovos a partir de setembro. A gestação dura de 14 a 18 dias. Os filhotes são alimentados por um período de 23 a 26 dias. Depois, estão prontos para voar e partir.  

 

João-de-barro no folclore brasileiro

Conta a lenda que em uma tribo do sul do Brasil, o jovem Jaebé se apaixonou por uma moça de grande beleza e foi pedi-la em casamento. O pai dela perguntou quais provas de força Jaebé poderia dar para se casar com a moça mais bela da tribo. O jovem rapidamente respondeu: “as provas do meu amor!”.

O pai da moça gostou da resposta, mas achou o jovem atrevido. O velho contou que o último pretendente prometeu ficar cinco dias de jejum, porém morreu no quarto dia. Jaebé desafiou: “ficarei nove dias em jejum e não morrerei”. Toda tribo ficou admirada com a coragem do jovem.

 


João de Barro 2, por adriana.franzin

 

Para iniciar a prova, Jaebé foi enrolado em um pesado couro de anta e ficou dia e noite sob vigilância para que não fosse alimentado. A moça chorava e implorava à deusa Lua que o mantivesse vivo. O tempo passou e em uma manhã a filha pediu ao pai: “já se passaram cinco dias. Não o deixe morrer”. Mas o pai relutou: “ele é arrogante, falou nas forças do amor. Vamos ver o que acontece”.

Na última noite da prova, o pai da moça ordenou: “vamos ver o que resta do arrogante Jaebé”. Quando abriram o couro, o jovem saltou ligeiro. Seus olhos brilharam, seu sorriso tinha uma luz mágica. Ninguém acreditou quando, ao ver sua amada, o jovem se pôs a cantar como um pássaro enquanto se transformava, aos poucos, em uma pequenina ave. E naquele momento a moça, tocada pelos raios do luar, também se transformou em pássaro. Ambos voaram e desapareceram pela floresta.

Por ter sido um rapaz trabalhador e astuto, o joão-de-barro constrói sua casa com tanta habilidade e presteza junto com a fêmea.      

 

Ficha do bicho

Nome comum: joão-de-barro, forneiro

Nome científico: Furnarius rufusJoão-de-barro 4

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Aves

Ordem: Passariformes

Família: Furnaridae

Peso: 49 gramas

Tamanho: de 18 até 20 cm

Alimentação: insetos, larvas, aranhas, opiliões, moluscos e sementes.

 

Música

"Oh, meu Deus, me traz de volta essa menina porque tudo que eu tenho é o seu amor. João-de-barro eu te entendo agora. Por favor, me ensine como guardar meu amor.“ Maria Gadu, cantora da MPB, cita em sua música um passarinho bem curioso, popularmente chamado de joão-de-barro. Esse animal é bastante conhecido por causa do seu ninho, que parece um forno de carvão. Ouça a canção na voz de Renato Vianna, vencedor da quarta edição do The Voice Brasil: