• 83ab251c9fc76cfb
22 de Setembro de 2018

Icone show tema livreTema Livre

Canaltech
05:14
10/07/2018

Lego vai lançar peças em Braille para alfabetizar deficientes visuais

A Lego, que fabrica brinquedos desenvolvidos para despertar sinapses cognitivas, abraçou a ideia do projeto premiado Braille Bricks depois de dois anos.

A ideia é lançar, globalmente, peças em Braille para ajudar na alfabetização de deficientes visuais.

78690bbc713fc2d5

Por Patrícia Gnipper

O projeto, inicialmente, foi disponibilizado na Creative Commons com a campanha #braillebricksforall, permitindo, portanto, que qualquer fabricante produzisse os Braille Bricks sem custos de licença.

Com muita repercussão internacional, a Lego, então, decidiu abraçar o projeto.

De acordo com Felipe Luchi, sócio e CCO da Lew’LaraTBWA (agência de publicidade envolvida no projeto), "o formato de comercialização ainda não está definido; o importante é que a marca vai implementar globalmente o projeto, e a Lego vai usar seu conhecimento para ajudar uma fatia importante da sociedade: crianças com deficiência visual e escolas".

O ensino do Braille não é nada fácil, e o projeto tem como objetivo principal incluir socialmente os deficientes visuais por meio de algo que se assemelhe a uma brincadeira.

"Transformar o ensino do Braille em uma brincadeira, com o respaldo de um brinquedo mundialmente conhecido, deixa a tarefa mais simples, usual e divertida", opina Luchi.

A produção do projeto levou cerca de seis meses e, para chegar ao resultado, mantendo as cores clássicas do Lego e seus encaixes, as peças do protótipo, que foram confeccionadas uma a uma, passaram por etapas variadas, como corte, lixa, alisamento e posicionamento dos pinos.

No total, o projeto, desde a idealização até a confecção, levou cerca de um ano para ser concluído.

Fonte: Propmark