11 de Maio de 2021

Economia & Negócios

Edição: Hugo Julião
06:50
26/04/2021

Conexão Turismo | Turismo rural: uma nova tendência no Brasil

Por João Afonso Mamoré

--------------------
 

A falta de perspectiva para realizar grandes viagens por conta da pandemia tem fomentado esse tipo de turismo pouco comum no país

O Hotel Fazenda Vista Alegre, em São Lourenço (MG), é ideal para turismo rural (Divulgação)

--------------------

Num ambiente de grande retração do turismo convencional, outras modalidades de viagens vêm ganhando espaço, mostrando como o setor consegue se diversificar.

Destinos próximos aos centros urbanos, com menor fluxo de pessoas e, de preferência, em meio à natureza, é a nova demanda do turismo.

A Fazenda Bananal, em Paraty (RJ), tem mais de 70% de área com floresta de Mata Atlântica preservada.

A horta da fazenda possui área equivalente a 5000m²  onde se cultiva cerca de 60 diferentes produtos (Divulgação)

--------------------

Cerca de 80% da população brasileira vive em cidades. Para fugir do tédio do isolamento e do ritmo alucinante das metrópoles, o turismo rural – também chamado agroturismo- surge como alternativa.

Nãofoi à toa que o ano de 2020 foi escolhido pela Organização Mundial do Turismo (OMT) como o ano do turismo rural.

O turismo rural também é importante porque incentiva a união entre pequenos empresários da região, a exemplo dos agricultores familiares.

Vista aérea do Hotel Fazenda Parque dos Sonhos, na área rural de Socorro (SP)

--------------------

O agricultor pode fornecer alimentos para um restaurante local, matéria-prima para a fabricação de itens típicos da região e comercializar seus próprios produtos, como vinhos, cafés e frutas típicas da região.

Além de gerar renda e melhorar a qualidade de vida, ao se abrir para o turismo rural, o agricultor causa um grande impacto nos visitantes ao compartilhar seu modo de vida.

O Hotel Fazenda Parador Maritacas, que fica no Vale do Café, a 2h da cidade do Rio de Janeiro, conta com uma área de 2 milhões e 500 mil m² com muita natureza e conforto (Divulgação)

--------------------

Em todas as regiões do Brasil não faltam opções de destinos para experimentar o turismo rural.

Quem ainda não está familiarizado com a experiência pode buscar, inicialmente, um hotel fazenda, que é similar a um resort de praia.

A região do Vale do Paraíba, entre São Paulo e Rio de Janeiro, concentra hotéis fazenda famosos nas cidades de Cunha, Taubaté e Campos do Jordão.

Também é possível encontrá-los na região serrana do Rio de Janeiro, em Teresópolis e Visconde de Mauá. 


A Fazenda Santa Marina, que fica na Estrada Real, a 120km de Belo Horizonte, é uma autêntica fazenda mineira de 375 hectares com história e tradição.  

Localizada à 1.100m de altitude, possui exuberante flora e fauna da mata atlântica, lago, cachoeira e corredeira.

-------------------

Entre São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais está a Rota da Estrada Real.

Com 710 km, ela vai da cidade de Paraty (RJ) a Ouro Preto (MG), e, em diversas cidades, o viajante terá contato com paisagens de tirar o fôlego e cultura de regiões marcadas pela colonização portuguesa e o tropeirismo.

 

Nova York investe R$ 167 milhões em campanha inédita para reativar o turismo

Vista panorâmica do Central Park, em Nova York (Getty Images)

------------------

Com uma bem-sucedida campanha de vacinação contra a covid-19, a metrópole fez o anúncio do investimento na semana passada. 

Com slogan “Nova York Desperta” (New York City Reawakens, em inglês), a ação tem custo estimado em US$ 30 milhões (R$ 167 milhões) e começará a ser veiculada a partir de junho.  

Numa primeira etapa a campanha focará no público interno, começando pelos amigos e parentes dos moradores de Nova York, que serão convidados a “visitá-los”.

Estátua da Liberdade, em Nova York (Freepik)

--------------------

A campanha também atingirá os principais mercados internacionais, à medida em que as fronteiras forem reabrindo e vacinação avançar nesses países.

“Esta será a maior campanha de promoção do turismo na cidade de Nova York. A ideia é lembrar às pessoas que este é o lugar para estar.

Não há outro lugar igual no mundo. É a maior cidade do mundo por um motivo e você pode experimentar tantas coisas incríveis aqui”, disse o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, em entrevista coletiva virtual.

Times Square, uma das atrações de Nova York; Azul terá voos diários a partir de junho (IStock)

--------------------

 Antes da pandemia, Nova York era uma das cidades mais visitadas do mundo.

Em 2019, a cidade recebeu 66,6 milhões de visitantes, sendo 13,5 milhões de turistas internacionais, número considerado recorde.

Em 2020, foram apenas 22 milhões (2,4 milhões internacionais).

A meta do NYC & Company (agência de promoção turística municipal) é receber este ano 36, 4 milhões de visitantes, sendo 4,6 milhões de estrangeiros, e chegar aos números da pré-pandemia em 2023, com 64,7 milhões de visitantes (11,2 milhões de estrangeiros).

Férias de Julho no Castelo Saint Andrews

Compartilhe