30 de Novembro de 2021

Saúde

Edição: Hugo Julião
09:37
05/10/2021

Ao menos oito estados usaram mais doses de AstraZeneca do que o previsto para primeira dose

Levantamento realizado pelo jornal O Globo indica que pelo menos oito estados apresentam uma diferença de 2,4 milhões de doses entre o número de vacinas de AstraZeneca aplicadas e recebidas para primeira dose.

Os dados, obtidos por meio das pautas de distribuição desde o início da campanha e do vacinômetro do Ministério da Saúde, apontam que, em média, esses locais usaram 11% de imunizantes a mais do que o número de doses recebidas para iniciar a imunização.

----------

Dessa forma, os números indicam que mais pessoas podem ter sido vacinadas do que o planejado pela pasta, diferença que pode ter causado o desabastecimento de AstraZeneca em alguns estados.

Do total, 60% corresponde a São Paulo, que vacinou 14 milhões de pessoas com AstraZeneca, apesar de ter recebido 12,5 milhões de doses para este fim, de acordo com as pautas de distribuição.

----------


Segundo o levantamento do jornal, Goiás, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, São Paulo e Tocantins também apresentaram essa discrepância nos números.

Os números são o centro de uma disputa entre o Ministério da Saúde e governos estaduais, que relatam desabastecimento de AstraZeneca nas últimas semanas.

A pasta afirma que essa disparidade de 2,4 milhões de vacinas é o que causou a falta do imunizante em alguns locais.

Já as secretarias, por sua vez, afirmam que o ministério não cumpriu o cronograma esperado de entregas.

Compartilhe