11 de Maio de 2021

Saúde

Edição: Hugo Julião
11:10
16/04/2021

Ivermectina: busca pelo medicamento cresce na França

O interesse crescente pelo uso preventivo da ivermectina contra a Covid na França preocupa os especialistas.

A França estaria vivendo o mesmo fenômeno que com a hidroxicloroquina? pergunta o Le Parisien desta sexta-feira (16).



O diário francês define a situação como um “déjà-vu”, ou, traduzindo para o português, “já vimos isso antes”, em referência ao debate provocado pelo uso de hidroxicloroquina no país.

Os especialistas ouvidos pela reportagem relativizam a eficácia do remédio contra parasitas, também chamado de “nova cloroquina”, como “tratamento precoce milagroso e barato contra a Covid”.

Como na maioria das vezes, não foram ouvidas as vozes dos especialistas que acham que a ivermectina não é milagrosa, mas pode ter eficácia no tratamento precoce.

É destaque na imprensa francesa desta sexta-feira (16) o interesse crescente pelo uso preventivo da ivermectina contra a Covid na França (Fotomontagem/ Adriana de Freitas)

--------------------

O presidente da Ordem dos Farmacêuticos Franceses, Pierre Béguerie, disse que esses profissionais podem se recusar a vender o remédio, mas a decisão de ir contra a recomendação de um médico de confiança do paciente é delicada.

"Tivemos exatamente o mesmo problema com a hidroxicloroquina", diz o famacêutico.

É uma situação exdrúxula, onde o farmacêutico assume o lugar do médico e o médico é tratado quase como um charlatão, por escolher um tratamento demonizado pelos detentores do poder polítco-econômico global.

Compartilhe