• C7254ed4360408af
  • Cbdafb20fcfaf460
04 de Junho de 2020

Saúde

Redação / Hugo Julião
08:00
15/05/2020

Unicef alerta: por restrições à circulação, mais de 6.000 crianças podem morrer por dia no mundo

Outras 6.000 crianças podem morrer todos os dias por causas evitáveis ​​nos próximos seis meses, enquanto a pandemia do COVID-19 continua a enfraquecer os sistemas de saúde e a interromper os serviços de rotina, disse o Unicef ontem.

A estimativa é baseada em uma análise de pesquisadores da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg, publicada recentemente na revista The Lancet Global Health.

Com base no pior dos três cenários em 118 países de baixa e média renda, a análise estima que mais 1,2 milhão de mortes de menores de cinco anos possam ocorrer em apenas seis meses, devido ás reduções nos níveis rotineiros de cobertura dos serviços de saúde.

Essas mortes potenciais de crianças serão somadas às 2,5 milhões de crianças que já morrem antes do quinto aniversário a cada seis meses nos 118 países incluídos no estudo, ameaçando reverter quase uma década de progresso no fim da mortalidade evitável por menores de cinco anos.

462be87634c7bbc6

©Unicef/Frank Dejongh

Outras 56.700 mortes maternas também podem ocorrer em apenas seis meses, além das 144.000 mortes que já ocorrem nos mesmos países durante um período de seis meses.

"No pior cenário, o número global de crianças que morrem antes do quinto aniversário pode aumentar pela primeira vez em décadas", disse a diretora executiva do Unicef, Henrietta Fore.

“Não devemos deixar mães e filhos se tornarem danos colaterais na luta contra o vírus. E não devemos perder décadas de progresso na redução das mortes evitáveis ​​de crianças e mães. ”

As visitas aos centros de saúde estão diminuindo devido a bloqueios, toques de recolher e interrupções no transporte, e as comunidades continuam com medo de infecção.

Em um comentário ao relatório da Lancet, o Unicef alerta que essas interrupções podem resultar em aumentos potencialmente devastadores nas mortes maternas e infantis.

 

 

18c93e2b5d6ec0e9

Unicef lança #Reimagine, uma campanha global para impedir que a pandemia se torne uma crise de longo prazo para crianças

De acordo com a modelagem, e assumindo reduções na cobertura no pior cenário, os 10 países que poderiam ter o maior número de mortes infantis adicionais são: Bangladesh, Brasil, República Democrática do Congo, Etiópia, Índia, Indonésia, Nigéria , Paquistão, Uganda e República Unida da Tanzânia.

 

Além do aumento potencial estimado de menores de cinco anos e mortes maternas descritas na análise do Lancet Global Health Journal, o Unicef está profundamente alarmado com os outros efeitos indiretos da pandemia em crianças:

 

- Estima-se que 77% das crianças com menos de 18 anos em todo o mundo - 1,80 bilhão dos 2,35 bilhões - viviam em um dos 132 países com políticas de permanência em casa desde o início de maio.

_____

- Quase 1,3 bilhões de estudantes - mais de 72% - estão fora da escola como resultado do fechamento de escolas em todo o território de 177 países.

_____

- 40% da população do mundo não consegue lavar as mãos com água e sabão em casa.

_____

- Quase 370 milhões de crianças em 143 países que normalmente dependem de refeições escolares para obter uma fonte confiável de nutrição diária agora precisam procurar outras fontes quando as escolas são fechadas.

_____

- Em 14 de abril, mais de 117 milhões de crianças em 37 países podem perder a vacinação contra o sarampo, pois a pandemia faz com que as campanhas de imunização parem para reduzir o risco de disseminação do vírus.

Fonte: Unicef/Quênia | Tradução e edição: Hugo Julião

8afa74494e9c7e7b

MAIS NOTÍCIAS

Capas com as manchetes dos principais jornais nacionais desta sexta (15)

Itália dará 500 euros para cidadãos fazerem turismo interno e isenta impostos do setor

ONU: serviços de saúde mental devem ser parte essencial na pandemia; veja vídeo

Lula Ribeiro convida no Instagram tem participação de João Ventura, nesta sexta (15) 

Sebrae oferece consultorias gratuitas aos empresários

Com restrições, Gramado e Canela reabrem hotéis e atrações turísticas​

Futebol: Serie A italiana volta dia 13 de junho

Fotógrafo dedica-se a registrar pessoas que parecem gêmeas, mas nem parentes são

ONU: interrupções em serviços de HIV podem causar 500 mil mortes adicionais por AIDS

Medalhista olímpico japonês mantém a forma como entregador durante pandemia​

Por que ver documentários sobre natureza pode fazer bem à mente na quarentena​

Os segredos da cidade "mais verde" do mundo; São Paulo ocupa surpreendente 5º lugar

Quem ficou com a fortuna bilionária de Hitler?​

Por que o Polo Norte Magnético da Terra está migrando do Canadá para a Rússia​

Retratos da Real Beleza: você é mais bonita do que pensa ser

Fotógrafo brasileiro retrata as mudanças no rosto dos amigos após 3 taças de vinho

Viagem ao Centro da Terra: o buraco mais profundo já cavado na história

Desmatamento na América do Sul está mais lento, segundo a ONU

Qual é a diferença entre distanciamento, isolamento, quarentena e lockdown​

Imagine a miséria pós-pandêmica das viagens de negócios​

C5 pontos para entender o pensamento de Maquiavel

Insônia: como dormir bem em tempos de quarentena e pandemia

O que será das viagens aéreas após a pandemia do coronavírus​

Dicas de um astronauta da NASA para enfrentar o isolamento; veja vídeo​

Como Einstein, um físico totalmente apaixonado pela ciência, organizava seu tempo

Superação: com livros achados no lixo, ex-diarista entrou na faculdade de Direito e virou PM

Ao divulgar vídeos de fenômenos aéreos, Pentágono disparou o interesse pelos OVNIs​

Dr. Arthur Guerra: "A quarentena está mudando a nossa relação com o álcool"

O que diz um dos "pais" da internet sobre como nos proteger da obsolescência digital

 Paleontologistas revelam 'o lugar mais perigoso da história do planeta Terra' ​

Combate à fome no mundo: Covid-19 pode causar retrocesso de 20 anos

Pink Floyd: acesso gratuito a shows clássicos como Pulse de 1994; na íntegra​

Mapa compara o tamanho dos estados brasileiros à extensão de outros países​

A designer Becca Saladin interpreta como seriam os rostos da realeza do passado​

onheça as obras hiper-realistas de Samuel Silva, feitas apenas com esferográficas​

Conheça o trabalho da fotógrafa que captura sonhos com sua lente​

Tatiana Cobbett lança novo single do seu álbum "Lá & Cá"​

Veja os vídeos dos Beatles com as suas10 músicas mais ouvidas de todos os tempos

Uma história de quem apostou no velho vinil e encontrou um novo mercado

Observatório Edge: o mais alto mirante a céu aberto de Nova York e do hemisfério ocidental​

Invenções criadas por mulheres – e que nem sempre foram reconhecidas como tal​

Metade das praias do planeta pode sumir até o fim deste século, diz estudo​

Nasa recriou em 4K o que os astronautas da Apollo 13 viram ao contornarem a Lua​