01 de Dezembro de 2020

Ciência & Tecnologia

Edição: Hugo Julião
06:08
06/11/2020

WhatsApp lança recurso de mensagens que desaparecem em sete dias

Após anunciar um novo gerenciador de armazenamento de arquivos no início desta semana, o WhatsApp agora tem mais uma novidade: mensagens que desaparecem.

O recurso foi disponibilizado na quinta-feira (5) para usuários do Android e iOS.

O histórico de mensagens no WhatsApp pode ser uma arma poderosa, sendo utilizado como prova até mesmo em tribunais.

Por isso, para tranquilizar os usuários arrependidos que costumam enviar mensagens comprometedoras, o aplicativo agora vai permitir que eles configurem as conversas para que o conteúdo (incluindo texto, vídeos e imagens) desapareça após sete dias.

De acordo com o TechCrunch, um porta-voz da empresa afirmou que o período de sete dias foi definido como ideal para que os usuários não precisem se preocupar com as mensagens sendo mantidas por muito tempo, mas ainda possam rever informações recentes no histórico.

O porta-voz acrescentou que eles vão “ficar de olho no feedback sobre como as pessoas estão utilizando [o recurso] e se estão gostando, e se será necessário fazer ajustes no futuro”.

A contagem dos sete dias será iniciada a partir do momento em que a mensagem for enviada.

Ou seja, caso a pessoa ainda não tenha lido dentro de uma semana, a mensagem será apagada mesmo assim.

Quem sabe essa não é uma maneira de pressionar aquele seu amigo que costuma ignorar as mensagens por semanas ou até meses?

Os usuários podem habilitar as mensagens que desaparecem em qualquer chat individual.

No caso dos grupos, apenas o administrador pode definir essa configuração, da mesma forma que acontecia na versão de testes do recurso.

Mensagens que se autodestroem já vêm sendo testadas pelo WhatsApp desde o ano passado, quando elas estavam disponíveis apenas em uma versão bem rudimentar para conversas em grupo.

Apesar da novidade fazer com que o WhatsApp se aproxime um pouco mais do Telegram, que acaba ganhando a preferência dos usuários exatamente por essa sensação de segurança extra com mensagens que desaparecem, existem diversas maneiras de contornar o prazo de sete dias.

Conforme apontado pelo Engadget, as mensagens ainda podem ser encaminhadas para outros chats em que o recurso de autodestruição não está habilitado.

Caso você não tenha o costume de limpar as notificações na tela inicial do seu celular, as mensagens também poderão permanecer por lá mesmo que elas tenham sido apagadas do aplicativo após uma semana.

E, é claro, sempre existe a possibilidade de você tirar prints e guardá-las pelo tempo que quiser.

Além disso, se o usuário fizer o backup das mensagens antes de elas serem apagadas, o WhatsApp irá manter uma cópia desse conteúdo.

Caso seus amigos tenham habilitado a opção para salvar automaticamente imagens e vídeos em seus dispositivos, qualquer conteúdo que você enviar também irá permanecer armazenado no celular deles.

Claro que o recurso ainda pode ser útil em diversas situações, mas é importante lembrar que você deve continuar atento ao tipo de informação que compartilha.

Segundo o Engadget, as mensagens que desaparecem devem chegar a todos os usuários ao redor do mundo ainda este mês.

Compartilhe