26 de Janeiro de 2021

Economia & Negócios

Edição: Hugo Julião
16:52
13/01/2021

O que é o Signal, aplicativo de mensagem que cresceu 4.200% em 5 dias

Você pode até não conhecer o Signal, mas não vai demorar muito para ouvir falar dele.

O aplicativo está vivendo uma onda de acessos na última semana. Em cinco dias, teve 7,5 milhões de downloads - um aumento de 4.200%.
 

O motivo é o anúncio do Whatsapp passar a exigir o compartilhamento de dados com sua empresa controladora, o Facebook.

 

Em 2016, ouvimos uma história parecida, mas o usuário poderia escolher não dividir as informações e ainda assim manter o aplicativo ativo.

No entanto, a partir de 8 de fevereiro isso não será mais possível.

E essa é a vantagem do Signal. O aplicativo  se tornou conhecido por jornalistas e funcionários do governo por sua excelente segurança de informações - acima da média dos concorrentes.

O app possui "criptografia ponta a ponta", codificando a mensagem do remetente de tal forma que apenas o dispositivo do destinatário pretendido pode desbloqueá-la.

Além disso, ninguém pode ler as mensagens (nem mesmo o governo) aumentando a sua popularidade com quem precisa manter informações sigilosas. 

 

O app foi indicado até mesmo por Elon Musk, hoje a seunda pessoa mais rica do mund, que publicou no Twitter a mensagem: “use Signal

-----------------------------------

A criptografia em si não é um recurso exclusivo. Aplicativos como iMessage, Telegraph e WeChat fazem isso até certo ponto.

No entanto, o código-fonte do Signal está disponível publicamente, assim, especialistas têm sido capazes de mexer e explorar suas defesas por anos, o que acabou aperfeiçoando a segurança ao longo do tempo.

Disponível gratuitamente no iPhone, Android, Mac e PC, o Signal oferece quase todos os recursos de outros aplicativos populares de mensagem, mas com mais segurança.

Ele tem ferramentas como emojis, envio de arquivos, criação de grupos com até 150 membros e bloqueio de conversas por senha.

É possível até mesmo enviar e reagir a mensagens com emojis, assim como no Slack e no Discord.

E se prepara para avançar ainda mais. Uma versão beta deseja incluir um fórum com até cronômetros para mensagens. 

Se estiver preocupado com o fato de alguém acessar o aplicativo Signal do seu telefone, você pode bloquear o aplicativo com a mesma senha ou leitura de impressão digital normalmente usada para bloquear o telefone.

O app também possui um recurso simples para convidar alguém para baixá-lo e impedir que alguém entre em contato com você por meio do aplicativo é igualmente fácil.


O Signal requer um número de telefone para ingressar no aplicativo. Para manter o seu privado, você pode se inscrever com um número de voz do Google.

Os usuários da Apple podem ir até suas configurações de privacidade dentro do aplicativo e desligar "Mostrar chamadas em recentes" para evitar que seu histórico seja sincronizado com a nuvem.

Os usuários do Android podem até definir seu aplicativo de mensagens padrão para Signal, se quiserem.

Você também pode definir que suas mensagens desapareçam com o tempo ou que fotos desapareçam após uma única visualização.



Favorecido por gigantes da tecnologia, especialistas em segurança cibernética, jornalistas, funcionários do governo e muitos mais, Signal passou de um segredo querido da comunidade de segurança para algo que até mesmo os não especialistas em tecnologia estão usando.

Em uma internet onde parece que mais e mais empresas estão tentando rastreá-lo, o Signal pode manter todas as suas conversas privadas.

Com informações de Época Negócios

Compartilhe