11 de Maio de 2021

Saúde

Edição: Hugo Julião
12:11
16/04/2021

Atividade física regular reduz riscos de internação e morte por Covid-19, diz estudo

 Estudo publicado, na terça-feira (13), pelo British Journal of Sports Medicine, revelou que quem pratica atividade física regular tem risco reduzido de desenvolver a forma grave da Covid-19.

O trabalho da organização sem fins lucrativos Kaiser Permanente analisou quase 50 mil adultos com Covid-19. 



Os pesquisadores analisaram as taxas de hospitalização, admissões em UTIs e mortalidade de pacientes e avaliavam se essas pessoas eram sedentárias ou se realizavam alguma atividade.

Os resultados mostraram que queles que praticavam pelo menos 150 minutos por semana de atividade física, moderada ou vigorosa, apresentaram incidências significativamente menores de hospitalização e morte em decorrência da covid-19.

Pesquisadores norte-americanos descobriram que o risco de morte pelo novo coronavírus é 2,5 vezes maior em caso de baixa atividade física praticada pelo paciente, e que não realizá-la aumentaria em até duas vezes a possibilidade de internação (Getty Images)

-------------------

.A descoberta não surpreende tanto porque o comportamento sedentário já é um fator de risco conhecido para outras doenças, como cardiovasculares,  diabetes, derrame e até câncer.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda pelo menos 150 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada, ou 75 minutos de atividade aeróbica intensa, durante a semana.

Também pode ser uma combinação equivalente de atividade de intensidade moderada e vigorosa.

Fica a pergunta: porque então fechar as acedemias nos finais de semana?

Compartilhe