30 de Novembro de 2021

Turismo

Edição: Hugo Julião
11:21
24/05/2021

Conexão Turismo | Busca por voos para os EUA crescem 719% no Brasil

Por João Afonso Mamoré

--------------------

 

Os Estados Unidos continuam na lista de desejos dos viajantes brasileiros, mesmo com as fronteiras fechadas para voos vindos do Brasil, desde março de 2020, início da pandemia.

Em maio, em comparação ao mês anterior, o aumento nas pesquisas de voos para destinos americanos, principalmente Nova York, foi de 719%.

É o que revela o Kayak, buscador de passagens aéreas, diárias de hotéis e aluguel de carros.  (Divulgação)

----------------------
 

São os efeitos do “turismo da vacina”, já que os EUA é o país com maior número de doses compradas no mundo.

Agências brasileiras já vendem pacotes combinando um período de 14 a 20 dias de quarentena para cidades como Nova York e Miami.

Nessas cidades a vacinação para estrangeiros não-residentes é mais fácil. Os pacotes podem chegar a R$ 20 mil.

 

Publicidade

--------------------

Turismo gastronômico no Brasil em discussão

 A feijoada tipicamente brasileira é um dos pratos mais elogiados pelos turistas estrangeiros (Divulgação)

--------------------

Especialistas em turismo e gastronomia de todo o país estão reunidos de hoje (24) até sexta-feira (28) para discutir maneiras para impulsionar o turismo gastronômico do Brasil.

Serão apresentadas experiências do Brasil e Portugal que podem contribuir para o aperfeiçoamento do Programa Nacional de Turismo Gastronômico. 

Denominada “Desafios e Oportunidades para o Turismo Gastronômico no Brasil”, a oficina foi aberta, às 09h30, com palestras do chef Paulo Machado, idealizador do Brasil Food Safaris, e do português Nuno Nobre.

 

A iniciativa é do Ministério do Turismo em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB) e poderá ser acompanhada gratuitamente pelo YouTube (Roberto Castro/Mtur)

--------------------

No Brasil, a gastronomia movimenta cerca de R$ 250 bilhões por ano, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

É um dos itens mais bem avaliados por estrangeiros que visitam o Brasil.

De cada 10 turistas internacionais, oito aprovaram a gastronomia brasileira em 2019, segundo estudo do MTur.


 

 

Voo da Air France cruza o Atlântico com óleo de cozinha reciclado

O voo AFR-342 da Air France cruzou o Oceano Atlântico na última terça-feira (18), decolando do aeroporto Charles de Gaulle para Montreal, no Canadá. 

A viagem foi realizada em 6 horas e 46 minutos por um Airbus A350 (Divulgação)

--------------------

Essa foi a primeira viagem de longo curso movida a combustível sustentável (SAF), feito de óleo de cozinha, produzido pela petrolífera Total em suas fábricas francesas.

As companhias aéreas têm realizado experimentos com o SAF, mas aplicá-lo em larga escala é um desafio, já que atualmente ele é muito mais caro do que o querosene comum.

Espera-se que esses biocombustíveis reduzam significativamente os níveis de dióxido de carbono. 

 

Para esses testes, a Air France-KLM se associou à empresa Total, Airbus e à operadora de aeroportos ADP.

A parceria é para tornar as viagens aéreas menos poluentes futuramente.

A França quer que todas as aeronaves que decolem do país usem pelo menos 1% de SAF até 2022, 2% até 2025 e 5% até 2030, como parte do Acordo Verde Europeu.

A Airbus, uma das parceiras do projeto, está realizando vários testes para que os seus aviões voem com 100% SAF nas próximas décadas.

 

 

Portugal anuncia plano bilionário para o turismo

O objetivo do plano é reativar o turismo, setor da economia mais prejudicado pelas medidas de isolamento social para conter a pandemia de Covid-19.

A Praça do Comércio, importante ponto turístico de Lisboa, praticamente vazia devido à pandemia (Divulgação)

--------------------

O anúncio foi feito na última sexta-feira (21) pelo governo português que prevê investimentos totais de € 6,1 bilhões (cerca de R$ 38,7 bilhões). 

Metade do valor será destinado para recuperação de 80% das empresas do setor afetadas pela crise. 

No início da retomada, Portugal ainda não sabe quando poderá contar com os turistas do Brasil, maior marcado emissor de fora da Europa, ao lado do Estados Unidos. 

 

Chegada de brasileiros a Portugal diminuiu muito em função das restrições da pandemia (Hugo Correa/Reuters)

--------------------

Os investimentos têm como base quatro pilares de reativação, dois destinados à recuperação e os demais para apoiar empresas, fomentar segurança, gerar negócios e construir futuro.

Dentro desta linha, o plano quer gerar € 27 bilhões (cerca de R$ 175 bilhões) em receitas turísticas em 2027, uma meta estabelecida em 2017. 

Em 2019, o turismo gerou €19 bilhões de receitas, valor que caiu para € 7,7 bilhões em 2020. Para este ano, a previsão é de € 9,3 bilhões.


 

Espanha reabre para turistas vacinados a partir de 7 de junho

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro Pedro Sanchez na últimas sexta-feira (21) ao visitar a Feira Internacional de Turismo (Fitur), em Madri, encerrada nesse domingo (23).

Ele também disse que a partir de 24 de maio a Espanha permitirá que turistas de países fora da UE, considerados de baixo risco de infecção por coronavírus, entrem sem um teste de PCR negativo (Divulgação/Fitur)

--------------------

O país permitirá que pessoas de países fora da União Europeia que foram vacinadas contra a Covid-19 entrem no país.

A Grã-Bretanha, maior mercado espanhol para turistas estrangeiros, fará parte da lista, assim como Austrália, Nova Zelândia e Israel.

Pedro Sanchez afirmou que o retorno do turismo será o principal responsável recuperação econômica da Espanha.

Ele acredita que com as novas medidas o número de turistas internacionais atinja até o fim do ano cerca de 70% dos níveis pré-pandemia.

O número de turistas estrangeiros na Espanha despencou mais de 80% em 2020, devido às restrições impostas pelo governo espanhol para o controle da pandemia.

Compartilhe