25 de Junho de 2022

Tema Livre

Edição: Hugo Julião
10:49
22/05/2022

Garoto de 2 anos pede 31 cheeseburguers após mãe deixar o celular desbloqueado

Um garoto de 2 anos, morador do Texas, nos Estados Unidos, pediu 31 cheeseburgers do McDonald’s por uma plataforma de delivery depois de sua mãe ter esquecido seu celular desbloqueado.

Na segunda-feira (16), Kelsey Golden, que trabalha no departamento de marketing de uma escola, estava trabalhando no anuário anual do colégio em seu computador, em casa.

Ela estava transferindo fotos de seu telefone para o computador quando seu filho de 2 anos, Barrett, começou a puxar seu telefone, disse ela à CNN.

Barrett pediu 31 sanduíches depois de sua mãe ter esquecido o celular desbloqueado // Arquivo Pessoal

Kelsey explicou que o menino, chamado Barrett, tem o costume de pegar o telefone para brincar com a câmera.

Ele gosta de olhar para seu reflexo”, afirmou. Mas dessa vez, Barrett não ficou apenas olhando para sua imagem.

Ele começa a pressionar a tela, balançando-a como se seu braço fosse uma montanha-russa”, relatou a mãe.

A mulher, então, recebeu uma notificação de que seu pedido no aplicativo de delivery estava demorando mais do que o normal.

Pouco tempo depois, ela estava brincando com o menino na varanda quando um carro buzinou em frente à casa deles.

Kelsey ficou surpresa ao ver o entregador entregar a ela uma sacola com os 31 sanduíches. A princípio, ela achou que ele estava na casa errada.

Então me dei conta de que Barrett estava brincando com meu telefone”, lembrou. “Voltei e olhei para o celular e foi feito um pedido naquele momento de que ele estava brincando com o aparelho”.


LEIA TAMBÉM

Linguagem inclusiva: escorregões de Lula se transformam em alvo de aliados e rivais

As queixas dos aliados são geralmente feitas em privado para não respingar na candidatura.

Elas giram em torno do uso de palavras como "índio" (em vez de indígena) e "escravo" (no lugar de escravizado) e de referências que contrariam, por exemplo, os veganos, com repetidas alusões a churrasco e picanha.

-----------------------

O pedido acidental foi ainda mais inusitado porque “ninguém em nossa família gosta de cheeseburgers”, disse Kelsey.

Então ela postou na página de sua cidade no Facebook oferecendo cheeseburgers grátis.

Após a postagem, uma mulher grávida foi à sua casa e pediu seis lanches. Outros foram doados para os vizinhos.

O pedido total foi de US$ 91,70 (o equivalente a quase R$ 450), em parte porque o garoto deixou uma gorjeta “realmente generosa” de 25%, disse a mãe.

Kelsey disse que “não fazia ideia” de que o acidente se tornaria viral.

Na sexta-feira (20), ela e Barrett foram convidados para um encontro com a equipe do McDonald’s, onde seu filho pôde conhecer os mascotes da empresa, tirar fotos e saborear alguns nuggets de frango.

A mãe afirmou esperar que o pedido “por acaso” de seu filho tenha ajudado a alegrar o dia das pessoas.

Espero que tenha espalhado um pouco de humor em um mundo triste e sombrio”, disse ela.

Com informações da CNN

Compartilhe